na cidade

O que visitar e onde comer em Cascais, num roteiro de 3 dias sugerido pela Layla

A New in Cascais testou a nova ferramenta de Inteligência Artificial, que se dedica a criar circuitos turísticos.
Conheça as sugestões.

Depois da Siri, da Alexa e dos muitos bots impulsionados pela Inteligência Artificial, que respondem a todas as questões possíveis e imaginárias, chegou a Layla. A criação, com base na IA, quer responder a todas as perguntas relacionadas com viagens: qual é a melhor praia, os melhores locais para visitar numa determinada cidade, os melhores voos, etc.

Diz ser a “fada madrinha da inspiração de viagens”, e promete ajudar os turistas que não têm paciência para criar itinerários ou que ainda não sabem que destino de férias escolher. “Chega de fazer malabarismos com um milhão de janelas abertas a tentar encontrar os melhores voos, hotéis e atividades. Tenho tudo sob controlo. Vou encontrar os destinos mais badalados, os voos mais económicos e as estadias dignas do Instagram”, lê-se na apresentação.

A plataforma “Just Ask Layla” nasceu em Berlim no final de 2023. Foi criada por Jeremy Jauncey, fundador da Beautiful Destinations, um meio de comunicação de viagens com mais de 50 milhões de seguidores nas redes sociais, e Saad Saeed, cofundador da Flink, serviço de entrega de alimentos.

“Hoje em dia, as pessoas inspiram-se principalmente em vídeos curtos nas redes sociais, mas não há como transformar essa inspiração numa viagem. Queremos ajudar os utilizadores a descobrir os lugares perfeitos, preenchendo a lacuna entre as redes, o planeamento e as reservas”, explicou Jauncey.

Desde o seu lançamento que a Layla se tornou um sucesso na indústria das viagens e turismo, utilizando a Inteligência Artificial para criar roteiros personalizados para vários destinos — Portugal incluído.

“Olá, sou a Layla. Estou animada por ajudá-lo com tudo o que for relacionado a viagens. Posso dizer onde ir, em que época do ano visitar, o que fazer…a lista é interminável. Pode perguntar qualquer coisa”, começa por escrever no chat.

A Layla.

A New in Cascais decidiu experimentar esta nova plataforma de viagens, para perceber que tipo de locais sugere a um turista interessado em explorar o concelho de Cascais durante três dias. O resultado é um roteiro com sugestões de atividades para fazer de manhã à noite, incluindo sugestões de restaurantes para almoçar e jantar.

Primeiro dia

Para o primeiro dia, a Layla sugere que comece por fazer uma visita ao centro histórico de Cascais, passeie pelas ruas pitorescas e descubra lojas locais e cafés charmosos. Pode fazer uma pausa para tomar o pequeno-almoço na Sacolinha. “Passeie pelas ruas e admire a arquitetura tradicional portuguesa. Não deixe de visitar a Cidadela de Cascais, uma fortaleza histórica que oferece vistas deslumbrantes sobre o mar”, refere. Numa vila com tão forte ligação ao mar, não pode faltar peixe ou marisco à refeição. Nesse sentido, a dica de restaurante para o almoço é o Mar do Inferno.

À tarde, pode apostar num programa cultural e visitar o o Museu Condes de Castro Guimarães, “localizado num impressionante palácio à beira-mar”. A plataforma sublinha que “o museu abriga uma coleção fascinante de arte e artefactos históricos”. De seguida, faça um passeio pelo Parque Marechal Carmona, “um belo espaço verde, perfeito para um piquenique ou simplesmente para relaxar”. Termine o dia a comer uns petiscos a pratos tradicionalmente portugueses no Páteo do Petisco, em Cascais. 

Segundo dia

Comece o segundo dia com uma visita à Boca do Inferno, considera pela Layla como “uma formação rochosa impressionante onde as ondas batem dramaticamente contra as falésias”. É um ótimo lugar para tirar fotografias e apreciar a beleza natural da costa Atlântica. Para o almoço, a sugestão não fica longe. Vá até ao restaurante Furnas do Guincho, para se deliciar com pratos de peixe e marisco. 

À tarde, para aproveitar o bom tempo de verão, siga até à Praia do Guincho, onde pode apanhar sol, dar uns mergulhos ou mesmo experimentar algumas atividades aquáticas como surf ou kitesurf. Ao final da tarde, pode aproveitar para passear pela Marina de Cascais e tomar um copo no O’Neill’s Irish Pub, enquanto admira “os iates luxuosos ali ancorados”. Siga até ao centro da vila para jantar n’O Pescador, especializado em peixe e marisco, com um toque moderno nas receitas tradicionais. E, depois da refeição, aproveite para passar pelo centro histórico iluminado. 

Terceiro dia

Comece a manhã a visitar o Mercado da Vila onde pode encontrar produtos locais frescos e artesanato regional. Siga para um brunch no Café Galeria House of Wonders, conhecido pelas opções saudáveis e criativas. Depois, aproveite para visitar a Casa das Histórias Paula Rego, um museu dedicado à famosa artista portuguesa, onde encontra exposições obras da sua autoria. 

À tarde, explore as praias escondidas ao longo da costa de Cascais. A Praia da Rainha, por exemplo, “é uma pequena joia, perfeita para relaxar e nadar nas águas cristalinas”. Termine o dia com um saboroso jantar no restaurante Porto Santa Maria, situado na Estrada do Guincho, onde o peixe e marisco são as estrelas da casa. 

MAIS HISTÓRIAS DE CASCAIS

AGENDA